Retrogames: Everquest e a saga do meu primeiro MMORPG (Parte 1)

Retrogames: Everquest e a saga do meu primeiro MMORPG (Parte 1)

O Ano era 2003, uma época em que os MMORPGS não estavam em evidência e os gamers ainda estavam  acostumados com jogos difíceis e desafiadores. Este novo estilo de jogo, estava apenas no começo e mesmo não sendo o primeiro jogo do gênero, Everquest iniciou a enxurrada de jogos online que conhecemos hoje em dia.

O jogo já tinha 4 anos de vida, mas eu não tinha o menor conhecimento sobre sua existência, até ser apresentado por um amigo, que como eu ficou maravilhado com as possibilidades de um novo mundo, repleto de aventuras e desafios e que junto com a possibilidade de interação com pessoas do mundo inteiro, trouxe um novo sentido à jogatina.

Na época, assistia um anime chamado .Hack, que para quem conhece, trata exatamente de um mundo parecido com o que havíamos entrado, claro que com muito mais complexidade, mas quem se importava com isso? Eu com certeza não.

Ao entrar pela primeira vez no jogo, que para os dias de hoje não passa de um jogo extremamente primitivo mesmo com sua complexidade em relação a tudo que funcionava ali, me vi em um mundo gigante, aonde minhas habilidades seriam testadas e cada passo que meu personagem dava. E não era somente uma questão de aprender comandos, e sim a habilidade de aprender aonde ir, ler e entender suas missões e principalmente aprender a interagir com pessoas reais, jogando em um mundo fantástico e perigoso.

Primeiro personagem

Clarion, este era o nome do meu personagem, um paladino meia boca, que foi a porta de entrada na minha maior aventura em um MMORPG. De início tive que enfrentar a perigosa tarefa de encontrar uma saída da cidade em que estava, e ela me levava direto a uma área em que eu tinha que matar “temíveis” ratos. Sim este era a primeira missão que seu personagem tinha, no meu caso pegar uma espada e atacar ratos que incrivelmente faziam frente ao meu personagem armado com a pior espada que se podia comprar.

Aprender a sequência inicial de comandos de um MMORPG é bem simples, o complexo era quando eu precisava saber o que fazer quando se passava de nível, e pacientemente li e aprendi o básico para sobreviver naquele mundo.

Interação total

Everquest 1

Se por um lado aprender novos comandos em um jogo novo foi uma tarefa relativamente simples para mim, o inicio da interação com um mundo inteiro de jogadores não foi uma tarefa das mais casuais. Várias coisas aconteciam ao mesmo tempo que você estava jogando e não muito diferente de hoje o chat estava abarrotado de pessoas conversando, falando de lugares desconhecidos e siglas que levei um bom tempo para aprender.

Ao contrário de hoje, naquela época não tinha brigas entre Brasileiros e Americanos, principalmente por que  o único idioma do jogo era o inglês, ou você sabia/aprendia ou desistia de participar. Graças aos meus estudos autodidáticos na época de Final Fantasy VII, eu conseguia entender quase tudo ao meu redor e enganar no inglês o bastante para passar desapercebido quanto a condição de estrangeiro, achei que com isso seria recebido mais facilmente mas surpreendentemente aqueles que ficavam sabendo que eu era Brasileiro, me recebiam muito bem, mesmo que surpresos.

Contudo consegui aprender com os amigos que fiz as siglas estranhas e o dialeto intenetês que já rolava naqueles anos.

Um jogo para os Fortes

Everquest era um jogo hardcore, difícil e que não tinha piedade de ninguém, você poderia ser um iniciante como eu ou um jogador experiente, não importava, um simples vacilo era o bastante para matar seu personagem com consequências desastrosas.

Hoje em dia você morre, mas tem várias vantagens, volta como fantasma até seu corpo, revive em um local sagrado e protegido. Mas naquela época você estaria ferrado. Seu personagem voltava a um ponto pré definido e que na maioria das vezes era a cidade em que você nasceu independente de onde você tivesse morrido. Para piorar seu personagem renascia com exatamente nada além de seus poderes, além de perder um pouco da experiência adquirida que poderia resultar na perda de seu nível, você tinha que ir praticamente pelado até seu corpo para recuperar todos os seus itens novamente. O que aconteceria se você morresse em um lugar muito perigoso? Bem, você tinha que se virar, correr até o seu corpo, pegar suas tralhas e fugir o mais rápido possível para um lugar seguro, ou pelo menos para morrer em um lugar menos perigoso que o anterior, tendo assim uma oportunidade de recuperar as suas coisas quando renascesse novamente.

Everquest 1

Nesse ponto que a interação com as pessoas, e suas amizades vinham a calhar, você podia mandar uma mensagem a um amigo e pedir encarecidamente sua ajuda e escolta até o lugar em que seu corpo jazia, e isso tinha que ser feito com relativa pressa, isso porque depois de 3 dias seu corpo sumiria de vez e levaria com ele todos os seus itens valiosos.

Tudo isso fazia você ter medo de verdade, a cada lugar que você ia, tinha que ficar de olho em todos os inimigos a sua volta, por onde eles passavam e quais você podia matar pois diferentemente de hoje em dia havia inimigos muito poderosos em meio a inimigos comuns que você precisava matar. A estratégia e sagacidade eram essenciais para a sua sobrevivência, e não havia margem para erros, principalmente nos níveis mais elevados.

Fim do Melee

Clarion, meu paladino e primeiro personagem no jogo, me trouxe para a realidade neste tipo de jogo, eu não sabia ser um guerreiro porrador, meu negócio era magia e ataques a distância. Mal eu sabia que deixar de lado meu guerreiro me faria encontrar uma nova realidade dentro do jogo que eu tinha acabado de me acostumar e com isso iniciei minha carreira eterna de ser mago em qualquer MMORPG, tarefa que faço com maestria. Mas isso vou contar semana que vem, na segunda parte desta matéria.

Previous Capcom diz que não vai fazer versões de seus últimos lançamentos para Wii-U
Next Gamestick, mais um console baseado em Android entra para o Kickstarter

You might also like

3 motivos que acabaram com as locadoras de games no Brasil

Em um tempo não tão distante, quando ainda usávamos cartuchos para jogar em nossos videogames preferidos uma das maiores invenções para os gamers da época foram as locadoras de videogames.

God of War: Ascension Anunciado

Todo mundo já sabia que um God of War 4 seria anunciado só faltava a Sony se pronunciar oficialmente e foi o que ela fez, ainda lançou um Teaser trailer da nova aventura do Spartano mais famoso dos videogames.

Ainda há muitos mistérios sobre a história do jogo alguns acreditam que seja um prequel dos jogos anteriores

Assista o primeiro capítulo completo de Mortal Kombat X

O Lançamento de Mortal Kombat X já está chegando, não há modo melhor de ver se você esta preparado do que ver o primeiro capítulo inteiro do jogo.