Retrogames: Toejam & Earl um jogo a frente de seu tempo.

Retrogames: Toejam & Earl um jogo a frente de seu tempo.

Toejam & Earl Sega Mega Drive

Em meados de 1991 foi lançado para MegaDrive um jogo que se tornaria um de meus favoritos e o jogo que provavelmente mais joguei em minha vida Toejam & Earl.

Sendo o primeiro jogo da série e o único bom pra falar a verdade veio com varias inovações até então pouco exploradas ou  inéditas que anos depois seriam vistas em jogos da nova geração de consoles.

Para quem não conhece o jogo: ele hoje foi definido como um dungeon crawler por não haver realmente uma classificação para o jogo.

A historia é a seguinte Toejam & Earl são dois rappers do planeta Funkotron e por um erro de pilotagem de Earl vieram cair no planeta Terra ou uma versão totalmente louca dele, seu objetivo é encontrar os pedaços da nave espacial para poder reconstruí-la.

O jogo tem a visão de cima e um sistema de fases bem interessantes, são 24 fases que funcionam como se uma fosse em cima da outra como uma torre seu principal objetivo é achar as peças da nave mas caso a fase não possua uma (você é avisado cada vez que chega a uma nova fase) você só precisará achar o elevador para chegar a próxima fase.

Toejam & Earl Fase

Vacilou caiu para a fase anterior

Nem tudo é fácil para nossos heróis, a fase em si parece uma ilha flutuante no espaço com várias passagens secretas e inimigos, caso você caia (ou seja empurrado) em um dos buracos ou na própria lateral da fase você não morre e sim cai na fase anterior e isso é uma das inovações do jogo. Assim você terá que ir novamente até o elevador para ir ao próximo nível.

Vários inimigos estão espalhados pelo mapa e a medida que você vai passando as fases o número de inimigos vai aumentando e inimigos mais aterrorizantes aparecem. Dentre os inimigos do jogo podemos citar o diabinho,o homem do cortador de grama,as abelhas assassinas, o tornado que ao pegar o jogador pode deixá-lo em qualquer parte do mapa inclusive no espaço para que ele caia na fase inferior e o terrível Boogerman, um monstro invisível que aparece somente de relance e assusta nossos heróis, este é o pior dos inimigos pois o dano em energia que eledá é muito alto.

Toejam & Earl Tornado Malvado

Tornado malvado normalmente te deixava no espaço

Mas com tantos perigos como nossos heróis conseguem avançar em sua missão? Esta resposta é simples presentes, isso mesmo nossos heróis vão achando presentes durante sua caminhada pela fase e cada um deles tem um formato e um conteúdo diferente, o que cada caixa contém e sua localização mudam a cada jogo então para descobrir o que cada presente contém você tem duas opções,utilizar o presente ou achar o “Senhor Cenoura” como nós o chamavamos que é um homem cenoura que descobre o que tem cada caixa para você claro por um preço justo.

Os presentes tinham as mais variadas funções mas nem todas delas eram boas você poderia pegar um presente que te matasse, adicionasse um inimigo na fase ou que fizesse aparecer em sua cabeça uma nuvem que de tempos em tempos dava um choque em nossos heróis. Mas a maioriados presentes eram bons como sapatos para correr, asas para voar, boias para andar na água sem afundar,estilingues de tomates para matar os inimigos entre outros.

Uma vez descoberto o que tinha na caixa do presente toda vez que você pegasse aquela caixa o presente seria o mesmo, mas um dos presentes que era mais assustador em fases mais avançadas era o randomizer, esse presente simplesmente misturava novamente as caixas de presentes e você ficava novamente sem saber o que cada caixa continha e isso era um grande problema, portanto a utilização do”Senhor Cenoura” era importante para identificar este presente.

O Presente podia ser utilizado individualmente ou junto com o outro jogador e é ai que entra outra inovação do jogo, quando os dois jogadores estavam juntos a tela se juntava em uma só ficando fullscreen isso ajudava na visualização da fase e a mostrar que vocês estavam na distância certa para utilizar um presente que funcionasse para os dois, este tipo de divisão de tela é muito legal e bem diferente e só vi coisa igual nessa nova geração de consoles.

O jogo também tinha suas pegadinhas, durante a fase você podia encontrar caixas de correio que possibilitavam que você comprasse com o dinheiro que ia achando pelas fases alguns presentes, mas algumas vezes essas caixas de correios eram na verdade um monstro da caixa de correio e corria ferozmente atrás de você.

Toejam & Earl

Presentes são indispesáveis

O jogo possuía mais uma coisa muito legal que hoje em dia esta se tornando comum, ele tinha um modo fixo e randômico das fases,no modo fixo todas as fases eram iguais e você podia decorar todas elas inclusive quais tinham pedaços da nave, mas no modo randômico isso não existia as fases eram geradas aleatoriamente e você nunca encontrava uma igual a outra o que dava ao jogo possibilidades infinitas de replay.

Toejam & Earl é um daqueles jogos que não tiveram tanto sucesso quanto a desenvolvedora queria, porém que viraram cult um tempo depois principalmente quando a Sega decidiu que o segundo jogo da série deveria ser um jogo de aventura o que acabou de vez com a fama dos dois alienígenas.

Caso o segundo jogo da série tivesse realmente sido lançado nos moldes do primeiro com certeza os dois personagens poderiam ainda estar por ai, uma segunda versão do jogo nos moldes do primeiro, mas expandida com várias outras novidades foi negada pela Sega que então decidiu fazer o jogo de aventura.

A Sega então ensaiou uma volta com a versão para Xbox, parecida com o primeiro jogo mas com gráficos 3D porém o jogo também não vingou.

Toejam & Earl marcou minha infância e ainda me lembro de jogá-lo com meu primo todas as madrugadas das minhas férias e todas as vezes acabávamos no modo randômico de fases.

Toejam & Earl Divisão de tela

A tela se dividia automaticamente quando os jogadores se separavam.

Mundo aleatórios, divisão de tela quando os dois jogadores se afastavam e um mundo feito em camadas que cada fase ficava literalmente em cima da outra fizeram deste jogo inovador um clássico e inspiração para outros jogos.

Se você não conheceu Toejam & Earl em sua época vale a pena conhecer agora e a diversão é maior ainda se você chamar um amigo para jogar.

Para entender mais do joo confira o vídeo abaixo:

 [youtube video=vloYvK2sK1g]

 

Previous Kara, novo demo da desenvolvedora de Heavy Rain impressiona.
Next Jogo Indie da Semana: The Legend of Grimrock

You might also like

Rhode Island finalmente vai vender os direitos de Kingdom of Amalur

Finalmente, depois de mais de um ano da falência da 38 Studios, a cidade de Rhode Island que ficou com tudo o que restou da empresa depois da falência, vai colocar em leilão todas as propriedades intelectuais da empresa incluindo Kingdoms of Amalur: Reckoning.

Veja o novo trailer de Assassin’s Creed 4: Black Flag

Assassin’s Creed 4: Black Flag estava marcado para ser lançado dia 1 de novembro, mas a Ubisoft anunciou que o jogo agora será lançado dia 29 de outubro em todos os continentes.

Expansões de Skyrim chegam ao Ps3 em Fevereiro

Depois de uma longa batalha com os dragões da burocracia e da programação, Skyrim para Ps3 vai receber todos as expansões disponíveis para Xbox 360 e Pc.

  • Lincoln Scanapieco

    esse aí fez e ainda faz parte da nossa vida! temos que combinar de joga-lo outra vez, já que faz anos que não jogamos… away!!! viva Big earl!!!

    • andersongarcia

       Faz anos mesmo,mas aposto que ainda conseguimos terminar com facilidade no Random,muitos anos de treinamento .

  • Jorge David

    Esse jogo é magnífico… ainda considero o melhor jogo do Mega Drive!
    Mto melhor q mtos “gigantes” do marketing por aí! O desafio era grande,
    porém divertidíssimo, deixando pra traz grandes produções de hj em dia.
    Desejo
    desesperadamente uma versão para essa geração atual (PS3/PS4
    principalmente, já q é o q tenho/pretendo ter KKKKKKKK), pode até vir
    com inovação no gráfico, mas q a essência do jogo continue a mesma!!!